Crystal Fighters – Star of Love [2010]

CF-Star of LovePrimeiras impressões pesam. Quem ao ouvir ‘I Love London” na oitava Kitsuné Maison Compilation imaginaria que algo bom sairia daquela banda com vocal repetitivo e som comum? E além: algo que poderia esmagar a opinião formada de cara!?
“Ninguém” seria a provável resposta para a indagação acima. Provável mas errada.

O debut dos ingleses do Crystal Fighters  (qualquer associação com os similares dos castelos é apenas coincidência) inicia-se logo com as atraentes “Solar System” e “X-tatic Truth”, que carregam em si parte do que será o álbum: eletrônico para dançar colidindo com música típica espanhola e vocais mais instrumentais que poéticos. Sim, vozes-instrumento, pois a função delas neste álbum é  complementar as músicas e não emocionar/divertir com versos e a subsequente “I do This Everyday” explana perfeitamente isso: guitarras e percussão guiam uma cantoria feminina incompreensível na maior parte do tempo que injeta mais potência nesta que é uma das mais expressivas faixas do álbum. Cessada a deliciosa bagunça, surge a romântica e positiva “Champion Sound” que emociona por sua simplicidade, seu andar descalço numa praia com uma brisa soprando seus cabelos. Praia aliás é onde parecem acontecer as próximas faixas e “Plage”,  a canção mais típica do disco, é realmente uma festa em meio a uma tarde ensolarada de algum cenário latino. “At Home”, a derradeira volta pra casa, fecha este ciclo e o peso urbano se mescla a suvenires praianos nas finais “Swallow”, “With You” e “Follow”.  Esta primeira serve bem ao papel de reavivar a musicalidade do álbum após a estranha aparição de “I Love London” que poderia muito bem ficar relegada à bonus track ou até mesmo passar em branco. “With You” tem cara de sonho com sua fluidez suave e veloz ao mesmo tempo mais as distantes vozes as quais, neste ponto, já são familiares. “Follow” finaliza Star of Love não com toda a honra que ele merece, mas sem deixar sensação de obra incompleta apresentando algo que chega a parecer uma síntese de tudo que os lutadores apresentaram.

Solidez é bem uma palavra-chave para defini-lo. Através das 10 faixas é notável uma unidade, algo até que incomum hoje. Tratando de algo alternativo, é normal haver experimentalismo e a forma como ele foi aplicado é de se levar em consideração, pois muitas vezes soa tão fácil que até parece pop. Crystal Fighters tem cara de banda promissória e aposto que em breve não precisarão tanto que confundam-no com um certo duo indie para clicarem em links para suas músicas.

Download – MediaFire – 58MB

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Comentando

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s